ArquivosCategorias: Mundo Publicitário

15mar

Conhecer todos os seus direitos é a melhor forma do consumidor se proteger.

O dia 15 de março foi criado justamente para lembrar que esses direitos existem e são reconhecidos pelo Código de Defesa do Consumidor.

Vamos aos números:

Em 2012, 2,03 milhões de consumidores foram atendidos nas unidades do Procon, distribuídos em 292 cidades do país. De acordo com o Sindec (Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor), essa quantidade representa um aumento de 19,7% em relação a 2011, quando 1,6 milhão de consumidores recorreram ao sistema. Isso mostra que os consumidores estão mais conscientes e  procurando mais os órgãos responsáveis para defender seus interesses.

Falando em consciência, os chamados “novos canais de atendimento” não podem estar de fora desta nossa conversa. Todo mundo conhece uma história ou tem um conhecido revoltado com alguma marca, produto ou serviço na internet. Aquele que criticava marcas nas redes sociais já foi sinônimo de ser apenas um chato reclamão. Hoje é uma alternativa para resolver.

O Procon ainda é o mais acionado pelos consumidores, porém a internet está sendo o grande canal das críticas, sugestões e tentativas de aproximação com as empresas.

Vender o peixe de forma responsável é uma lição para todos que trabalham com propaganda.

 

Compartilhe!

20ago

O Media Book 2012, publicação do IBOPE Media que reúne informações consolidadas do consumo de mídia em 13 países da América Latina, já está disponível para consulta da imprensa. A publicação contém dados de investimento publicitário, audiência de TV, rádio, internet, jornal e revista. O Media Book também traz dados gerais dos países, como a penetração de meios. No Brasil, de acordo com o Target Group Index, a TV aberta tem 97% de penetração, enquanto rádio tem 76%, internet 53%, jornais 46%, TV por assinatura 35% e revistas 33%. A TV aberta também tem penetração acima de 90% nos demais países da América Latina, com exceção da Guatemala, onde é de 85%. Já a TV por assinatura tem as maiores penetrações na Colômbia (78%), Argentina (71%) e Peru (64%).

Audiência – A novela em horário nobre continua comandando os índices de audiência na televisão brasileira. Em 2011, a média desse programa foi de 38,5 pontos de segunda a sábado, pouco acima dos 37,01 pontos de 2010, de acordo com o Media Workstation. Quando considerado apenas os programas de final de semana, a novela em horário nobre ainda lidera, mas com uma pequena queda: média de 31,22 pontos, o mesmo nível de 2010. Nos outros países, o futebol mostra a sua força. No Equador, dos dez programas mais vistos nos finais de semana, nove são jogos de futebol, com destaque para a partida entre Equador x Venezuela e para a Liga dos Campeões da Uefa, com média de 23 pontos de audiência cada.

Na Guatemala, o TOP 10 de fim de semana é composto por oito partidas de futebol. A mais assistida foi Guatemala x México, com média de audiência de 29,69 pontos. Já no Peru, o TOP 10 foi composto por nove programas esportivos, dos quais oito são de futebol. Lidera a lista a partida da Copa América entre as seleções peruana e venezuelana, que teve 43,47 pontos de audiência. Na terceira posição está a luta de boxe feminino entre a peruana Kina Malpartida e a norte-americana Rhonda Luna, com média de 39,17 pontos.

Investimentos – O Media Book revela diferenças na participação dos meios no mercado publicitário latino-americano. No Brasil, a TV aberta recebeu 53% da verba publicitária em 2011, seguida pelos jornais, que receberam 20%. No México, a TV aberta também está no topo da lista, com 64% do volume movimentado no ano, porém a segunda colocação é ocupada pelo rádio, com 20%. Entre os setores econômicos, o segmento comércio foi o que mais investiu em propaganda no Brasil, Argentina, Chile, Panamá e Uruguai. Por aqui, o montante foi de mais de US$ 11 bilhões.

Enquanto isso, no Peru e na Costa Rica as empresas de telecomunicações lideram o ranking, com US$ 1,2 bilhão e US$ 61 milhões, respectivamente. No mercado mexicano, o segmento de saúde, higiene pessoal e cosméticos está no topo da lista, com investimentos de mais de US$ 3 bilhões em publicidade.
Para acessar o Media Book 2012 clique no link http://www.ibope.com.br/ibope_media/2012/mediabook/pt/

fonte: Cidade do Marketing

Compartilhe!

04jun

O novo Gerente de Atendimento da Art Plus Comunicação, Paulo Henrique Mereb, representou a agência no 5º Congresso da Indústria da Comunicação, realizado em São Paulo, que reuniu os principais nomes da publicidade brasileira. Palestras importantes traçaram o cenário do negócio da comunicação, como Grandes Eventos: Desafios e Oportunidades, que contou com a participação de Ronaldo Nazário, o Fenômeno, Criatividade e Sucesso e Novos Caminhos Para Criar e Fortalecer Marcas (onde participaram Marcello Serpa, da Almap BBDO, Murillo Moreno, diretor de marketing da Nissan do Brasil e o ator Rodrigo Faro).

Compartilhe!

24fev

Criado pela BorghiErh/Lowe, produzido pela Pródigo e áudio da Punch, novo filme do Clube de Criaçao de Sao Paulo reforça o prazo final para as inscriçoes no 37º Festival do Anuário, agora dia 1º. Com uma linguagem divertida, ‘Gold Magic’, todo produzido em 3D e animaçao, apresenta “os sofridos processos pelos quais passa a dupla de criaçao para conseguir emplacar uma campanha realmente criativa”. Criaçao Fernando Nobre, Danilo Scatigno e Daniel Massih.

 

fonte: Blue Bus

Compartilhe!